• Izumi Kurata

Acupuntura no AVC isquêmico


O AVC ou acidente vascular cerebral é uma lesão aguda do sistema nervoso central decorrente de causa vascular. Pode ser do tipo isquêmico ou hemorrágico.


O evento primário em 85 a 90% dos casos é o comprometimento do suprimento vascular para o cérebro, que é altamente vulnerável à falta de oxigênio e nutrientes. A extensão do dano depende da duração, gravidade e localização da isquemia.


Dentro de minutos a horas, a falta local de oxigênio e de glicose causará inchaço cerebral e morte celular, com liberação de substâncias inflamatórias.


As deficiências mais comuns após o AVC incluem a perda ou alteração motora e sensorial, com dificuldades de movimentação, dificuldades para falar, engolir ou compreender o que lhe é dito, perda de memória, dormência no corpo.


Após uma isquemia cerebral, o foco do tratamento consiste em prevenir ou reverter a lesão e otimizar a circulação sanguínea cerebral, promovendo a recuperação das células nervosas.


O tratamento padrão consiste na administração de trombolítico ou trombectomia mecânica endovascular.


A acupuntura pode ser utilizada precocemente como adjuvante no tratamento do ACV isquêmico, promovendo a proliferação de células do sistema nervoso central, regulando o fluxo sanguíneo cerebral, evitando a morte celular, regulando neuroquímicos envolvidos na cascata isquêmica, potencializando e recuperando a memória e processos de aprendizagem.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo